fbpx
20.7 C
Belo Horizonte
terça-feira, 19 / janeiro / 2021

Minas Gerais prorroga campanha de vacinação até 20 de novembro

Mais Lidas

Bolsa Família começa a receber parcela de R$ 300

O Bolsa Família começa a receber as novas parcelas do auxílio emergencial de R$ 300 nesta quinta-feira (17). Com a mudança de valor, 4,9 millhões deixaram de ganhar o auxílio neste grupo, ou seja, 15% dos 19,2 milhões de inscritos em abril.

Bolsonaro veta perdão a dívidas de igrejas e sugere derrubada do veto

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que disciplina o acordo com credores para pagamento com desconto de precatórios federais.

Juiz de Fora confirma mais três óbitos e 94 novos casos nesta sexta

A cenoura é um vegetal com qualidades benéficas tanto para a saúde como para a estética. Ela é utilizada há muitos anos como remédio e também como bálsamo de beleza.

Nova síndrome que atinge crianças pode estar ligada ao coronavírus

Ainda não há confirmação, mas tudo indica que a nova Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P), que tem preocupado médicos em todo o mundo, pode estar associada ao coronavírus.

Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) prorrogou a Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo, a Campanha Nacional de Multivacinação e a Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite em Minas Gerais. O objetivo é aumentar as coberturas vacinais e evitar doenças.

Segundo Joseanne Dias Gusmão, coordenadora de imunização da SES-MG, até o dia 26 de outubro apenas 35,35% das pessoas na faixa etária de 20 a 49 anos tinham se vacinado na Campanha Nacional de Vacinação Indiscriminada contra o Sarampo.

“Essa baixa procura nos levou a decidir ampliar o período da campanha. Em relação ao sarampo, muita gente não sabe, mas mesmo que as pessoas, dentro desta faixa de idade, estejam com o cartão de vacina em dia, deverão ir até uma unidade de Saúde para vacinar”, explica a coordenadora do Programa de Imunização da SES-MG.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite também foi prorrogada com o objetivo de obter altas e homogêneas coberturas vacinais para crianças de 1 ano a menores de 5 anos de idade. A cobertura vacinal contra a poliomielite no estado está em 54%, abaixo da meta de 95% preconizada pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI). 

“A vacinação é a única forma de proteger contra a poliomielite e evitar a reintrodução da doença em nosso estado. Por isso, devemos levar as crianças para vacinar e, assim, manter altas as coberturas vacinais”, comenta Josianne Gusmão.

Atualização

A coordenadora lembra ainda que a Campanha Nacional de Multivacinação continua no estado com objetivo de atualizar as cadernetas de vacinação de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade.

Nesta campanha são oferecidas todas as vacinas do calendário básico de vacinação da criança e do adolescente visando diminuir o risco de transmissão de enfermidades imunopreveníveis, assim como reduzir as taxas de abandono do esquema vacinal.  

“A multivacinação tem como objetivo a análise do esquema de vacinação das crianças e dos adolescentes para verificar se está completo. E, para aqueles que estiverem faltando alguma vacina, será realizada a administração, garantindo assim a proteção contra diversas doenças imunopreveníveis, melhorando também as coberturas vacinais no país”, afirma Josianne.

- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Só nas últimas 24h MG registra 120 óbitos por covid-19

Minas Gerais chega a quase 11 mil mortos por corona

Governador determina que PM intensifique fiscalização nas festas de fim de ano

governador Romeu Zema (Novo) convocou a Polícia Militar de Minas de Gerais (PMMG)

Renovação de CNH já pode ser solicitada pelo MG app

Mais de 70 serviços do Governo de Minas são disponibilizados no aplicativo

Anvisa certifica farmacêutica chinesa que desenvolveu CoronaVac

Resolução foi publicada hoje no Diário Oficial da União

Anvisa inspeciona voos procedentes do Reino Unido

Medida é para evitar propagação da variante do coronavírus