fbpx
19 C
Belo Horizonte
segunda-feira, 18 / janeiro / 2021

Zema anuncia que pagará salário de dezembro e parte do 13º antes do Natal

Mais Lidas

Revista Cosmopolitan coloca duas brasileiras entre os bumbuns mais belos do Instagram

A revista Cosmopolitan fez uma lista com os 55 bumbuns mais belos do Instagram.

Laboratório identifica possível origem do vazamento de óleo nas praias do Nordeste

Pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) analisaram durante meses manchas de óleo no Golfo da Guiné, a 200 km de Camarões, na África, e acreditam que elas podem explicar a tragédia, que completa um ano no final do mês ainda sem respostas

O Maravilhoso Espetáculo VIANOVA E OS VIAJANTES DO ESPAÇO no ginásio do Ibirapuera em SP

Você que está em São Paulo, a partir do dia 11 de setembro, que tal viajar pelo espaço sideral sem sair do...

Brasil é 2º maior comprador de agrotóxicos proibidos na Europa, que importa alimentos produzidos com estes químicos

Prática traz lucro para multinacionais e transfere riscos de saúde para trabalhadores e meio ambiente brasileiros

Governo de Minas Gerais informa que, após um grande esforço no fluxo de caixa, por determinação do governador Romeu Zema, pagará uma parcela do 13º salário a todos os servidores públicos no dia 23 de dezembro, antes do Natal. Será feito depósito de R$ 2 mil na conta de todos os funcionários da ativa, inativos e pensionistas.

Com isso, 39% da folha de pagamentos será quitada antes do Natal. Receberão integralmente no dia 23 de dezembro 252 mil pagamentos (sendo 147 mil para servidores ativos e 105 mil para servidores inativos e pensionistas). O custo total será de R$ 1,1 bilhão.

O critério adotado foi o de isonomia, uma vez que todos os servidores serão contemplados. Essa é a primeira vez, em três anos, que o governo realiza parte do pagamento do 13º salário a todo o contingente de servidores antes do Natal. Tal medida é resultado de uma gestão austera, eficiente e comprometida em solucionar os graves problemas financeiros herdados da administração anterior.

Empenho

O Estado está empenhado em garantir o restante do pagamento aos servidores que recebem valor superior a R$ 2 mil. Dentre as alternativas em análise para a obtenção de recursos está a privatização da Codemig (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais). O governo federal se comprometeu a adiantar parte dos recursos oriundos da possível venda, que depende de autorização do Legislativo.

Também em grande esforço de fluxo de caixa, o governo conseguirá pagar o salário de dezembro (relativo à folha de novembro) antes do Natal. A primeira parcela será paga no dia 10 de dezembro e a segunda no dia 18 do mesmo mês. Os critérios serão os mesmos adotados em meses anteriores: R$ 2 mil para todos os servidores na primeira parcela e o restante na segunda. Servidores da Saúde e Segurança recebem integralmente na primeira parcela.

- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Só nas últimas 24h MG registra 120 óbitos por covid-19

Minas Gerais chega a quase 11 mil mortos por corona

Governador determina que PM intensifique fiscalização nas festas de fim de ano

governador Romeu Zema (Novo) convocou a Polícia Militar de Minas de Gerais (PMMG)

Renovação de CNH já pode ser solicitada pelo MG app

Mais de 70 serviços do Governo de Minas são disponibilizados no aplicativo

Anvisa certifica farmacêutica chinesa que desenvolveu CoronaVac

Resolução foi publicada hoje no Diário Oficial da União

Anvisa inspeciona voos procedentes do Reino Unido

Medida é para evitar propagação da variante do coronavírus