fbpx
20 C
Belo Horizonte
segunda-feira, 18 / janeiro / 2021

Cemig orienta para instalação segura de enfeites de Natal

Mais Lidas

Revista Cosmopolitan coloca duas brasileiras entre os bumbuns mais belos do Instagram

A revista Cosmopolitan fez uma lista com os 55 bumbuns mais belos do Instagram.

PIB da construção civil deve crescer 4% em 2021

Expansão do setor pode ser a maior desde 2013

Laboratório identifica possível origem do vazamento de óleo nas praias do Nordeste

Pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) analisaram durante meses manchas de óleo no Golfo da Guiné, a 200 km de Camarões, na África, e acreditam que elas podem explicar a tragédia, que completa um ano no final do mês ainda sem respostas

Brasileira é uma das vítimas do ataque em igreja de Nice, diz Itamaraty

Governo brasileiro repudiou o atentado e presta assistência consular

Dezembro é o mês das tradicionais decorações luminosas natalinas nas fachadas e interiores das casas e prédios de todo o país. Essas instalações precisam ser feitas com bastante atenção, para que sejam evitados acidentes envolvendo choques elétricos e curtos-circuitos, que podem causar incêndios e outros danos.

De acordo com o engenheiro de Segurança do Trabalho da Cemig, Francis Nascimento, instalações feitas de forma incorreta são um grande perigo para a população. A colocação dos enfeites deve ser feita de forma segura, de acordo com a especificação técnica de cada equipamento e, principalmente, sem gambiarras.

“São consideradas gambiarras as instalações que utilizam diversos fios e adaptadores (benjamins ou ‘Ts’) para realizar a ligação de diversos enfeites em uma única tomada. Esses dispositivos provocam sobrecarga e, consequentemente, o mau funcionamento dos aparelhos, podendo causar choque elétrico e princípios de incêndio”, orienta Francis Nascimento.

Instalação

A colocação de ornamentos luminosos em áreas externas merece atenção devido à exposição a elementos naturais, como vento e chuva. O engenheiro eletricista da Cemig alerta para a necessidade de proteção dos pontos das conexões e tomadas, além da distância de 1,5 metro da rede elétrica da Cemig, nos casos de instalação de lâmpadas decorativas em fachadas, muros, jardins e árvores.

“Recomenda-se, ainda, instalar enfeites em locais fora do alcance das crianças e dos animais domésticos. Em caso de árvores de Natal com iluminação instalada no chão, uma sugestão é criar uma barreira física com caixas embrulhadas de presentes para impedir o acesso aos enfeites elétricos”, afirma o especialista.

Outra recomendação que deve ser observada é que os enfeites luminosos não podem ser muito antigos. Pelo fato de eles ficarem muito tempo guardados, seu cabeamento pode apresentar problemas de degaste no isolamento e provocar curto-circuito.

- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Só nas últimas 24h MG registra 120 óbitos por covid-19

Minas Gerais chega a quase 11 mil mortos por corona

Governador determina que PM intensifique fiscalização nas festas de fim de ano

governador Romeu Zema (Novo) convocou a Polícia Militar de Minas de Gerais (PMMG)

Renovação de CNH já pode ser solicitada pelo MG app

Mais de 70 serviços do Governo de Minas são disponibilizados no aplicativo

Anvisa certifica farmacêutica chinesa que desenvolveu CoronaVac

Resolução foi publicada hoje no Diário Oficial da União

Anvisa inspeciona voos procedentes do Reino Unido

Medida é para evitar propagação da variante do coronavírus