fbpx
21.5 C
Belo Horizonte
quarta-feira, 20 / janeiro / 2021

Brasileira participa da última etapa da Copa do Mundo de Skeleton

Mais Lidas

Bolsa Família começa a receber parcela de R$ 300

O Bolsa Família começa a receber as novas parcelas do auxílio emergencial de R$ 300 nesta quinta-feira (17). Com a mudança de valor, 4,9 millhões deixaram de ganhar o auxílio neste grupo, ou seja, 15% dos 19,2 milhões de inscritos em abril.

Bolsonaro veta perdão a dívidas de igrejas e sugere derrubada do veto

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que disciplina o acordo com credores para pagamento com desconto de precatórios federais.

Juiz de Fora confirma mais três óbitos e 94 novos casos nesta sexta

A cenoura é um vegetal com qualidades benéficas tanto para a saúde como para a estética. Ela é utilizada há muitos anos como remédio e também como bálsamo de beleza.

Nova síndrome que atinge crianças pode estar ligada ao coronavírus

Ainda não há confirmação, mas tudo indica que a nova Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P), que tem preocupado médicos em todo o mundo, pode estar associada ao coronavírus.

Nesta sexta-feira (18), a partir das 09h30, no horário de Brasília, a gaúcha Nicole Silveira participará da quarta etapa da Copa do Mundo de Skeleton. O evento acontece na cidade de Insbruck, na Áustria. Essa será a última competição da atleta brasileira, residente em Calgary, no Canadá, antes do final da temporada. “Esse circuito é o mais importante antes do Mundial e da Olimpíada de Inverno. Praticamente, todas as melhores estão participando”, esclareceu a brasileira.

Nascida na cidade de Rio Grande, no extremo sul do Brasil, ela foi a primeira atleta verde e amarela a participar do circuito mundial da modalidade, que tem as provas ocorrendo em pistas de gelo nas quais os pilotos descem deitados de bruços sobre o trenó, chegando a aproximadamente 130 km/h. “Tem sido muito legal. Uma grande oportunidade para aprender com as melhores do mundo. A mais próxima de mim, em termos de experiência, tem uns seis anos na modalidade. Eu estou chegando ao meu terceiro. A jornada é de muita aprendizagem”, disse a atleta.

No mês de novembro, nas duas primeiras etapas ocorridas na cidade de Sigulda, na Letônia, e na terceira prova, que já foi disputada em dezembro na Áustria, Nicole finalizou na 18ª colocação. O principal objetivo da atleta é conseguir a classificação para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, previstos para Pequim. Para estar lá, ela precisa estar entre as 25 melhores do ranking mundial. “Se não tivesse ocorrido a pandemia, esse torneio seria classificatório. Mas, a Confederação Mundial acabou congelando o ranking até a próxima temporada. Então, a definição das participantes será entre outubro de 2021 e janeiro de 2022. Com os Jogos Olímpicos ocorrendo em fevereiro, esse adiamento acabou sendo bom para mim. Tenho mais tempo para ganhar experiência. Conhecer o esporte, sem maiores preocupações em termos de classificação”.

Edição: Gustavo Faria

- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Só nas últimas 24h MG registra 120 óbitos por covid-19

Minas Gerais chega a quase 11 mil mortos por corona

Governador determina que PM intensifique fiscalização nas festas de fim de ano

governador Romeu Zema (Novo) convocou a Polícia Militar de Minas de Gerais (PMMG)

Renovação de CNH já pode ser solicitada pelo MG app

Mais de 70 serviços do Governo de Minas são disponibilizados no aplicativo

Anvisa certifica farmacêutica chinesa que desenvolveu CoronaVac

Resolução foi publicada hoje no Diário Oficial da União

Anvisa inspeciona voos procedentes do Reino Unido

Medida é para evitar propagação da variante do coronavírus