fbpx
26.9 C
Belo Horizonte
quinta-feira, 21 / janeiro / 2021

Corpo de Maradona é velado no palácio presidencial da Argentina

Mais Lidas

Bolsa Família começa a receber parcela de R$ 300

O Bolsa Família começa a receber as novas parcelas do auxílio emergencial de R$ 300 nesta quinta-feira (17). Com a mudança de valor, 4,9 millhões deixaram de ganhar o auxílio neste grupo, ou seja, 15% dos 19,2 milhões de inscritos em abril.

Juiz de Fora confirma mais três óbitos e 94 novos casos nesta sexta

A cenoura é um vegetal com qualidades benéficas tanto para a saúde como para a estética. Ela é utilizada há muitos anos como remédio e também como bálsamo de beleza.

Bolsonaro veta perdão a dívidas de igrejas e sugere derrubada do veto

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que disciplina o acordo com credores para pagamento com desconto de precatórios federais.

Governo qualifica rodovias e terminais portuários junto ao Programa de Parcerias de Investimentos

Ministério da Infraestrutura dá continuidade à projeto de desestatização e de concessões à iniciativa privada

As cerimônias fúnebres do ídolo do futebol, Diego Maradona, que morreu nessa quarta-feira (25) aos 60 anos, começam hoje no palácio presidencial da Argentina.

Em declarações à imprensa internacional, o porta-voz da Presidência, Mario Huck, disse que as cerimônias serão realizadas na Casa Rosada até sábado (28).

O corpo de Maradona chegou de madrugada à sede do governo, em Buenos Aires. Centenas de pessoas aguardavam em fila para se despedir do campeão mundial de 1986, no velório que ocorrerá entre as 9h e as 19h. 

A ex-mulher do ídolo Claudia Villafañe e as duas filhas, Dalma e Gianinna, já se deslocaram para a Casa Rosada. Também estão lá o presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA), Claudio Tapia, vários jogadores e ex-atletas, incluindo os companheiros de equipe de Maradona no Campeonato Mundial de 1986, que a Argentina ganhou no México.

Morte de causas naturais

O procurador-geral de San Isidro, província de Buenos Aires, John Broyad, disse que a morte de Maradona “só teve causas naturais” e que em seu corpo “não foram encontrados sinais de crime ou violência”, mas que será feita uma autópsia.

“Infelizmente, com uma dor tremenda, podemos confirmar a morte aproximadamente às 12h”, afirmou Broyad em entrevista.

“A autópsia será feita com o objetivo de especificar o motivo da morte. A morte só tem características naturais. Não há indícios de violência”, acrescentou.

O procurador-geral disse ainda que os elementos “mais qualificados” da polícia científica da região estiveram na casa em que Maradona morreu.

*Com informações da RTP

- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Só nas últimas 24h MG registra 120 óbitos por covid-19

Minas Gerais chega a quase 11 mil mortos por corona

Governador determina que PM intensifique fiscalização nas festas de fim de ano

governador Romeu Zema (Novo) convocou a Polícia Militar de Minas de Gerais (PMMG)

Renovação de CNH já pode ser solicitada pelo MG app

Mais de 70 serviços do Governo de Minas são disponibilizados no aplicativo

Anvisa certifica farmacêutica chinesa que desenvolveu CoronaVac

Resolução foi publicada hoje no Diário Oficial da União

Anvisa inspeciona voos procedentes do Reino Unido

Medida é para evitar propagação da variante do coronavírus