fbpx
27.4 C
Belo Horizonte
domingo, 17 / janeiro / 2021

Atletas da Olimpíada não farão isolamento de 14 dias, diz organização

Mais Lidas

Revista Cosmopolitan coloca duas brasileiras entre os bumbuns mais belos do Instagram

A revista Cosmopolitan fez uma lista com os 55 bumbuns mais belos do Instagram.

PIB da construção civil deve crescer 4% em 2021

Expansão do setor pode ser a maior desde 2013

Brasileira é uma das vítimas do ataque em igreja de Nice, diz Itamaraty

Governo brasileiro repudiou o atentado e presta assistência consular

Conheça a FG Big Wheel, 2ª maior roda gigante do Brasil

A FG Big Wheel é a segunda maior Roda Gigante do país, perdendo apenas para a Rio Star no Rio de Janeiro.

Os atletas que forem a Tóquio para os Jogos Olímpicos do ano que vem, adiados em 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19), serão dispensados do período de isolamento de 14 dias que o Japão impôs a pessoas vindas do exterior para ajudar a conter a disseminação do vírus.

Os organizadores olímpicos disseram nesta quinta-feira (12) que os detalhes ainda precisam ser elaborados, mas as medidas para os atletas provavelmente incluirão exames de detecção de coronavírus 72 horas após sua chegada ao Japão – mas eles alertaram que as decisões sobre os espectadores estrangeiros ainda serão tomadas, dizendo que uma quarentena de 14 dias é “impossível”.

“Atletas, técnicos e autoridades dos Jogos que são elegíveis para os Jogos de Tóquio terão permissão para entrar no país, contando que medidas significativas sejam tomadas antes de chegarem ao Japão”, disse o executivo-chefe da Tóquio 2020, Toshiro Muto, em uma coletiva de imprensa.

Muto falava após uma reunião entre autoridades do governo metropolitano de Tóquio, do governo nacional e dos organizadores da Tóquio 2020 a respeito dos procedimentos de prevenção de infecções durante a Olimpíada.

Ele disse que uma decisão sobre os espectadores estrangeiros será tomada no ano que vem, dependendo dos desdobramentos da pandemia. O Japão realizou vários eventos de teste recentemente, incluindo uma competição de ginástica de quatro nações no final de semana passado que foi assistida por torcedores japoneses.

“Até a próxima primavera, conceberemos um plano para os espectadores, inclusive espectadores não-japoneses”, disse. “É impossível impor uma quarentena de 14 dias a espectadores estrangeiros, então exames antes e no ato de chegada são necessários”.

- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Só nas últimas 24h MG registra 120 óbitos por covid-19

Minas Gerais chega a quase 11 mil mortos por corona

Governador determina que PM intensifique fiscalização nas festas de fim de ano

governador Romeu Zema (Novo) convocou a Polícia Militar de Minas de Gerais (PMMG)

Renovação de CNH já pode ser solicitada pelo MG app

Mais de 70 serviços do Governo de Minas são disponibilizados no aplicativo

Anvisa certifica farmacêutica chinesa que desenvolveu CoronaVac

Resolução foi publicada hoje no Diário Oficial da União

Anvisa inspeciona voos procedentes do Reino Unido

Medida é para evitar propagação da variante do coronavírus