fbpx
22 C
Belo Horizonte
quinta-feira, 3 / dezembro / 2020

Beneficiários do auxílio emergencial recebem hoje R$ 1,4 bilhão

Mais Lidas

Covid-19: pesquisa aponta queda nos serviços de radioterapia no país

Um dos motivos é o deslocamento do paciente para fazer o procedimento

Brasil tem 6,16 milhões de casos acumulados e 170 mil mortes

Até o momento, 5.512.847 pessoas já se recuperaram da doença

Cerca de 3,6 milhões de beneficiários do auxílio emergencial, no ciclo 4 de pagamentos, nascidos em agosto recebem hoje (13) R$ 1,4 bilhão em suas contas poupança social digital.

Desse total, 657,5 mil receberão R$ 431,4 milhões referentes às parcelas do auxílio emergencial. Os demais, 2,9 milhões, serão contemplados com a segunda parcela do auxílio emergencial residual, em um montante de R$ 958,9 milhões.

A partir desta data, os valores podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas em mais de 1 milhão de estabelecimentos comerciais.

O benefício, criado em abril pelo governo federal, foi estendido até 31 de dezembro por meio da Medida Provisória nº 1000. O auxílio emergencial extensão será pago em até quatro parcelas de R$ 300 cada e, no caso das mães chefes de família monoparental, o valor é de R$ 600.

Saques e transferências para quem recebe o crédito nesta sexta-feira serão liberados a partir do dia 28 de novembro.

Edição: Graça Adjuto

- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Governo de Minas lança edital de concessão pública do Parc

Rota de Grutas Peter Lund será a primeira a integrar o programa

IPVA 2021 começa a vencer em 18 de janeiro

Escala vai até 24 de março; contribuinte que quitar imposto à vista tem desconto de 3%

Conta de luz ficará mais cara em dezembro

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) reativou o sistema de bandeira tarifárias e definiu a bandeira vermelha patamar 2 para o mês de dezembro

Anvisa inicia inspeção de fabricação de vacinas na China

Equipe vai vistoriar empresas Sinovac e Wuxi Biologics

Covid-19: pesquisadores pedem recuo da flexibilização no Rio

Grupo da UFRJ sugere medidas urgentes para conter número de casos