fbpx
22.4 C
Belo Horizonte
sábado, 23 / janeiro / 2021

Campos Neto: alta de commodities eleva preços de alimentos no Brasil

Mais Lidas

Bolsa Família começa a receber parcela de R$ 300

O Bolsa Família começa a receber as novas parcelas do auxílio emergencial de R$ 300 nesta quinta-feira (17). Com a mudança de valor, 4,9 millhões deixaram de ganhar o auxílio neste grupo, ou seja, 15% dos 19,2 milhões de inscritos em abril.

Ministro Tarcísio de Freitas apresenta modelo de integração de portos a representantes do setor

Por meio de videoconferência, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, se reuniu, nesta quinta-feira (18), com representantes de transportadores de cargas no país.

Bolsonaro veta perdão a dívidas de igrejas e sugere derrubada do veto

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que disciplina o acordo com credores para pagamento com desconto de precatórios federais.

Juiz de Fora confirma mais três óbitos e 94 novos casos nesta sexta

A cenoura é um vegetal com qualidades benéficas tanto para a saúde como para a estética. Ela é utilizada há muitos anos como remédio e também como bálsamo de beleza.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse hoje (16) que a alta dos preços de alimentos no Brasil é influenciada pelo dólar e pelos preços de commodities, produtos básicos com cotação internacional.

Outro fator citado pelo presidente do BC foi a substituição de gastos com serviços por alimentação em casa, além do crescimento do consumo por pessoas que fazem parte de programas de auxílio à renda.

Campos Neto participou do evento virtual Greenwich Economic Forum 2020, promovido pela The Economist. No evento, o presidente disse ainda que há incertezas em relação à pandemia de covid-19 e citou que alguns países descobriram mutação do coronavírus, mas acredita que vacina ajudará a mudar o cenário.

Para Campos Neto, a economia terá recuperação rápida, mas o emprego deve levar mais tempo para crescer, devido ao avanço da tecnologia durante a pandemia. Segundo ele, isso vai impactar a alocação de trabalhadores, “principalmente dos informais”.

O presidente do BC também reforçou que o governo brasileiro quer reduzir o tamanho do estado e estimular o investimento privado. Com os juros básicos baixos, ele ressaltou que o Brasil tem perdido investimentos em ações e títulos, mas há aumento das aplicações na economia real do país. Ele acrescentou que a retomada da economia terá que ser inclusiva e sustentável.

Edição: Valéria Aguiar

- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Só nas últimas 24h MG registra 120 óbitos por covid-19

Minas Gerais chega a quase 11 mil mortos por corona

Governador determina que PM intensifique fiscalização nas festas de fim de ano

governador Romeu Zema (Novo) convocou a Polícia Militar de Minas de Gerais (PMMG)

Renovação de CNH já pode ser solicitada pelo MG app

Mais de 70 serviços do Governo de Minas são disponibilizados no aplicativo

Anvisa certifica farmacêutica chinesa que desenvolveu CoronaVac

Resolução foi publicada hoje no Diário Oficial da União

Anvisa inspeciona voos procedentes do Reino Unido

Medida é para evitar propagação da variante do coronavírus