fbpx
27.7 C
Belo Horizonte
quinta-feira, 25 / fevereiro / 2021

Muitos homens não são nem homens!

Mais Lidas

“Para falar o português claro”, muitos homens não são nem homens! Tem muito moleque se achando homem por aí. Tem muito moleque se sentindo no direito de sentar no seu troninho e julgar as mulheres segundo seus distorcidos preceitos.

Escuta, moleque: quem foi que te ensinou que roupa curta, justa ou decotada é convite? Quem foi que te ensinou que é você quem decide o valor de uma mulher? Quem foi que te ensinou que a embriaguez de uma mulher é autorização pros seus atos selvagens? Quem foi que te ensinou que o corpo de uma mulher é propriedade pública? Quem foi que te ensinou que mulher é objeto, como suas meias, que você usa quando quer? Quem foi que te ensinou que o seu dinheiro compra o valor de uma mulher?

O que importa se ela sai com vários, se ela bebe e perde a linha? Quantos de vocês não fazem o mesmo? “Bela, recatada e do lar”, só se ela quiser. Como eu sou grata às mulheres que queimaram sutiãs na praça, que brigaram e dedicaram suas vidas a garantir meus direitos, hoje fundamentais.

O que talvez muitos moleques por aí não entendam é que o feminismo não é um movimento contra os homens (e aqui me refiro aos homens de verdade). Ele é um movimento em busca do direito à liberdade de ser e de estar como nós quisermos.

Quantos homens você conhece que têm medo de entrar num lugar cheio de mulheres? Ou de ser estuprado por uma mulher? Ou de ser assediado no trabalho? Ou de ter que se calar diante de uma violência? Ou de ser julgado por ser pai solteiro? Ou de ter sua competência questionada no trabalho por escolher ter um filho no auge da sua carreira? Ou de ser assassinado pelo simples fato de ser homem?

Felizmente, existe esse movimento feminista, defendido por mulheres e homens de verdade, que dá visibilidade há absurdos praticados contra as mulheres e abafados por muitos que, ainda hoje, culpam a vítima pelo crime. Escuta aqui, moleque: vítima nenhuma acaba com a carreira de um criminoso. É ele mesmo quem faz isso. Aliás, uma carreia é bem pouco se comparado ao crime, não acham? Mas, moleques tendem a isentar-se da culpa de seus atos…

PS.: Não é uma guerra dos sexos. É uma luta para que, um dia, as mulheres não tenham medo nem sejam punidas apenas por serem mulheres!

ResponderEncaminhar

- Publicidade -

Mais Notícias

7 COMENTÁRIOS

  1. Tema super pertinente é necessário. O mais triste é que, na maioria das vezes, quem ensinou esses homens foi… uma mulher! Fica a reflexão!
    Belo texto! Adorei sua coluna <3

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Só nas últimas 24h MG registra 120 óbitos por covid-19

Minas Gerais chega a quase 11 mil mortos por corona

Governador determina que PM intensifique fiscalização nas festas de fim de ano

governador Romeu Zema (Novo) convocou a Polícia Militar de Minas de Gerais (PMMG)

Renovação de CNH já pode ser solicitada pelo MG app

Mais de 70 serviços do Governo de Minas são disponibilizados no aplicativo

Anvisa certifica farmacêutica chinesa que desenvolveu CoronaVac

Resolução foi publicada hoje no Diário Oficial da União

Anvisa inspeciona voos procedentes do Reino Unido

Medida é para evitar propagação da variante do coronavírus