fbpx
21 C
Belo Horizonte
sábado, 23 / janeiro / 2021

Em tempos áridos, a arte é oásis!

Mais Lidas

Bolsa Família começa a receber parcela de R$ 300

O Bolsa Família começa a receber as novas parcelas do auxílio emergencial de R$ 300 nesta quinta-feira (17). Com a mudança de valor, 4,9 millhões deixaram de ganhar o auxílio neste grupo, ou seja, 15% dos 19,2 milhões de inscritos em abril.

Juiz de Fora confirma mais três óbitos e 94 novos casos nesta sexta

A cenoura é um vegetal com qualidades benéficas tanto para a saúde como para a estética. Ela é utilizada há muitos anos como remédio e também como bálsamo de beleza.

Ministro Tarcísio de Freitas apresenta modelo de integração de portos a representantes do setor

Por meio de videoconferência, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, se reuniu, nesta quinta-feira (18), com representantes de transportadores de cargas no país.

Bolsonaro veta perdão a dívidas de igrejas e sugere derrubada do veto

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que disciplina o acordo com credores para pagamento com desconto de precatórios federais.

Essencial mesmo é viver. Isto é certo! Quando nos trancamos em casa, nos travestimos de máscara, nos limpamos com álcool, nós realmente entendemos o que é essencial. De que vale amor em coração que não bate? De que vale ar puro em corpo que não respira? De que valem sonhos em olhos que não despertam mais?

No entanto, tanto tempo guardados dentro de nós mesmos, vivendo do essencial, nos faz perceber a imensa diferença entre essencial e suficiente. Sobrevivemos até aqui. Resistimos. Aguentamos. Suportamos. Adaptamos. Inventamos um novo jeito de viver. Mas a vida, aquela que alimenta o corpo, não dá conta de matar a fome e a sede da alma. A vida não basta. E ali, naquele hiato que a sobrevivência não ocupa, habita a poesia da existência.

São sentimentos, desejos, reflexões, dúvidas, filosofias, palavras, imagens, sons, movimentos e infinitas expressões do que temos para além do corpo em que residimos. Nos alimentamos disso. E produzimos e ofertamos este mesmo alimento a outras almas famintas que nos encontram.

Em tempos áridos, a arte é aquele oásis que nos faz continuar caminhando enquanto o Sol nos seca por dentro. É aquele vento forte que bagunça tudo e nos obriga a refletir e reorganizar. É aquela lua cheia e clara que ilumina o céu nas nossas noites mais escuras. É aquela pequena dose de loucura de que a nossa sanidade precisa. Ou seria o contrário?

- Publicidade -

Mais Notícias

6 COMENTÁRIOS

  1. O que alimenta a vida?
    Bastamo-nos? Somos suficientes a nós mesmo? Em nós mesmos?
    “São sentimentos, desejos, reflexões, dúvidas, filosofias, palavras, imagens, sons, movimentos e infinitas expressões do que temos para além do corpo em que residimos.” – Este trecho me diz que não, pois no outro somos confrontados, construídos, reconstruídos, somos alimentados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Só nas últimas 24h MG registra 120 óbitos por covid-19

Minas Gerais chega a quase 11 mil mortos por corona

Governador determina que PM intensifique fiscalização nas festas de fim de ano

governador Romeu Zema (Novo) convocou a Polícia Militar de Minas de Gerais (PMMG)

Renovação de CNH já pode ser solicitada pelo MG app

Mais de 70 serviços do Governo de Minas são disponibilizados no aplicativo

Anvisa certifica farmacêutica chinesa que desenvolveu CoronaVac

Resolução foi publicada hoje no Diário Oficial da União

Anvisa inspeciona voos procedentes do Reino Unido

Medida é para evitar propagação da variante do coronavírus